quarta-feira, 24 de abril de 2013

COMPOTA DE FIGO VERDE




 LAERTE PUPO

Ai está nosso primeiro menino a participar do Projeto SÓ VOCÊ SABE FAZER.
Laerte Pupo faz conservas incríveis ! 
Doce de Abóbora, Figo, Geléia de Pimenta, Tomate Seco, Sardela....ah, a Sardela....hummm.... entre outras maravilhas do mundo gastronômico.


Quando anunciei o Projeto na página da Confraria Barriga Quente no Facebook, ele foi o primeiro representante masculino a escrever. Queria fazer Charutos de Folha de Uva ou qualquer outra coisa que eu escolhesse. Optei primeiro pela compota porque achei legal que ele ensinasse a conservar em vidros hermeticamente fechados. Acho que é uma sugestão para presentes e na minha opinião, o Natal está logo aí. (risos)
O que gostei nisso tudo, foi a iniciativa dele. Laerte é um tanto tímido e por esse motivo, senti como é grande a confiança dele neste projeto. Assim como eu, ele acredita que dividir é multiplicar.

Olha a gente batendo papo sobre fotografia. Na mesa, um dos trabalhos que ele faz.

Começamos bem cedo.
Fomos ao Mercado Municipal de Jacareí, onde ele compra os figos já sem a película áspera da casca.

 

Cidra ralada e Figo verde

Os figos são vendidos nestas embalagens e ele optou por comprá-los assim pela qualidade e homogeneidade da fruta, já que ele também comercializa as compotas.
Muito provavelmente algumas pessoas não saberão onde adquirir ou preferem a fruta colhida e vendida in natura. Nesse caso, o procedimento para retirar a película áspera que envolve o figo é o seguinte:

Corte os cabinhos do figo e, do lado oposto, faça um corte superficial, em cruz. Lave bem, cubra com água e ferva por cerca de 10 minutos. Escorra e, depois que esfriar coloque dentro de um saco plástico, extraia o ar, e congele por 24 horas. 
Descongele em temperatura ambiente e lave-os em água corrente, retirando a pele áspera da casca (que se solta com facilidade). Cubra-os com água e ferva novamente.


A RECEITA DO LAERTE

 

Retire os figos da embalagem, escorra e lave-os muito bem em água corrente.


Corte os cabinhos e


Faça um talho em cada um.
(Algumas pessoas preferem fazer esse pequeno corte em forma de cruz)


Coloque em um recipiente e cubra com água.


Deixe de molho nesta água por  pelo menos 1 (uma) hora.
Escorra, coloque em uma panela com água que cubra os frutos e ferva-os por 20 minutos.


Escorra-os novamente.



Na embalagem comprada vem 800 gramas de figo.
Usamos 600 gramas de açúcar cristal.
Você também pode usar para cada quilo da fruta a mesma proporção de açúcar refinado.
Coloque água o suficiente para cobrir as frutas.

Deixe o doce no fogo até que a calda tome a consistência desejada.
Eu gosto dela mais grossinha e ainda "de quebra" coloco uns 4 ou 5 cravinhos para dar um gostinho especial. 
Faça do seu gosto, que com certeza é o mais gostoso.


A PREPARAÇÃO DA CONSERVA



Coloque em uma panela vidros (de preferência novos) e suas respectivas tampas, bem limpos com a boca virada para baixo.
Leve ao fogo e deixe ferver por aproximadamente 10 a 15 minutos para esterelizá-los bem.
Espere esfriar para utilizar.


Coloque o doce dentro dos vidros e feche-os muito bem.


Coloque os vidros com o doce dentro de uma panela e cubra com água.
A água deve cobrir totalmente os vidros.
Ferva por mais ou menos uns 10 minutos.
Você vai perceber que saem pequenas bolinhas de ar de dentro das tampas e é isso que faz com que o vidro se feche hermeticamente.
NÃO PULE ESSA ESTAPA!


Coloque a fita plástica (você compra em casas especializadas) na boca do vidro e tampa.


Ligue uma boca do fogão e deixe na posição "mínimo".
Passe rapidamente a boca do vidro com a fita plástica pelo fogo.
Você vai ver que ela adere ao vidro e à tampa.

Pronto! Está lacrado!

Esse procedimento contribui para que sua compota dure até seis meses enquanto fechada.
Depois de aberta, conserve, de preferência, na geladeira e utilize.

Para finalizar, deixo com vocês algumas imagens feitas dentro do Mercado Municipal de Jacareí.
Costumo dizer que a cultura de uma cidade pode ser medida por duas coisas:
sua Casa do Artesão
 (infelizmente não temos mais a nossa, embora tenhamos artesãos de excelente qualidade)
e
seu Mercado Municipal.






Até a próxima, Pessoal !!!

27 comentários:

  1. Edna, voce o Pupo estão de parabéns não só pelas virtudes gastronômicas, mas pela generosidade. Adorei saber o segredo de poder comprar os figos sem a tal pele..... muito bom. abraço para voces.
    Rubia Zecchin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rubia, acho que fiz esse post pensando em você mesmo....rs
      Super beijo!

      Excluir
  2. Coisa linda esses figos, menina eles ficaram com uma cor linda, fari e te digo como ficou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conte sim.
      Ah, e não esqueça de se identificar....rs
      abração!

      Excluir
  3. Que post maravilhoso, Edna!!
    Tudo super explicadinho com fotos incríveis, perfeito!
    Parabéns pra vc e para o Pupo!
    beijo
    Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Jussara!
      Prepare-se. Sua vez está chegando....rs

      Excluir
  4. Onde encontramos as compostas do Sr. Pupo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, ele vende na Feira de Artesanato do Clube de Campo e na banca do Goto no Mercado Municipal costuma ter também.

      Excluir
  5. Parabéns aos dois, são os pequenos detalhes que fazem a diferença!!!
    Sempre falei perfeita em tudo que faz beijo grande!!!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns Edna e Pupo por essa delicia de receita.Infelizmente aqui em Fortaleza não temos figo assim ( eu nunca vi) mas adorei
    também a técnica de conservação das compotas.
    Abraços aos dois.

    ResponderExcluir
  7. Edna, sua postagem está perfeita...
    E o mais importante é que eu gostei de ter participado.
    Estou impressionado com o retorno dos internautas.
    A hora que você quiser estou a disposição para outro desafio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeita foi sua participação, Laerte.
      Adoramos ter você aqui.
      O retorno tem sido mesmo bárbaro.
      Além da excelente receita, o pessoal está gostando demais de aprender como conservar os doces. Tem gente que nem imaginava que era assim.
      Você deu uma contribuição maravilhosa para nós.
      E quanto a outro desafio, brevemente! Aguarde.
      Abraço muito carinhoso

      Excluir
  8. Que show de imagens e que show de CARINHO <3 , simplesmente magnifico !

    ResponderExcluir
  9. Esse Anônimo é a Andréia Russo rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. D. Andreia!!! Cadê sua foto? Onde já se viu fotógrafa sem foto?
      kkkkkkkkkkkkk
      Adorei seu carinho!

      Excluir
  10. Isso aqui é um sucesso ! Impossível não vir te visitar. Teu blog está perfeito, casamento perfeito entre fotografia e gastronomia, e vc ... Dna.Edna, perfeitamente perfeita em tudo que faz. Admiração é o que tenho por vc ! Mil beijos !!!

    PS: Daqui duns dias este teu blog tá é falando, só falta isso !!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com tanta tecnologia, Lila, é possível que as fotos falem mesmo daqui a algum tempo. rsrsrs
      Beijo enorme e obrigada por esse carinho maravilhoso!

      Excluir
  11. Adorei o post, amei as fotografias, tudo muito bem feito e bem explicado, a generosidade sua e do sr.Pupo foi demais, a gente sente o carinho com que isso foi feito, so temos a agradecer a ele por ensinar e a voce pela idéia, muito obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Goreti, não tem idéia de como ficamos felizes ao ler seu comentário!!!
      Abraço carinhoso em vc. Beijo estalado!

      Excluir
  12. Edna, enviei o link do seu blog para toda a minha família. Sábado estive em SP no aniversário de minha filha e os comentários de todos eram só de elogios tanto pelas fotos como pelo texto muito bem redigido.
    Cansei de dar autógrafos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laerte, veja se não vai esquecer da amiga aqui quando sua fama chegar ao exterior! rsrsrs
      Por falar nisso, também vou querer meu autógrafo.
      Super abraço

      Excluir
  13. Edna, todos da família adoraram a reportagem, as fotos e elogiaram muito o texto. Meu irmão disse que a escrita está perfeita, muito gostosa de ler. Lembrei-me de que filha de peixe, peixinho é! Filha de Eunice Ricco, só pode ser escritora. Parabéns.Gostei muito do Laerte ter participado junto com você. Ficou mesmo muito boa a reportagem. Parabéns! Abraços da
    Myriam Pupo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Myriam, que saudade de você!
      Olha...eu adorei a participação do Laerte no Blog. Aliás, uma das melhores aulas de conservação de alimentos em forma de compotas. Sou tão boa aluna que já fiz uma porção delas.
      Da próxima vez, venha com ele. Assim, enquanto fotografo a gente mata a saudade.
      Obrigada por falar tão carinhosamente de minha amada mãe.
      Beijo enorme

      Excluir
    2. Edna, quem sabe, se der eu irei sim.
      Beijo, Myriam Pupo

      Excluir