Pesquisar este blog

sábado, 7 de dezembro de 2013

VIVA SÃO NICOLAU





VIVA SÃO NICOLAU


ou


O MELHOR DA FESTA É ESPERAR POR ELA



“ O verdadeiro Papai Noel é um personagem inspirado numa pessoa de carne e osso, mais precisamente São Nicolau Taumaturgo – um arcebispo grego que costumava ajudar pessoas pobres da cidade de Mira, colocando moedas de ouro nas chaminés de suas casas durante a época de Natal. Mais tarde, diversos milagres foram atribuídos a ele tornando-o santo. Sua imagem como símbolo natalino teve origem na Alemanha, e de lá se espalhou para o mundo inteiro.”


Já ouvi histórias tristes, já ouvi histórias alegres sobre o Natal, algumas inusitadas, outras nem tanto, críticas então, nem se fala, mas não posso e não quero deixar que elas influenciem aquilo que sinto a respeito dessa data tão iluminada, tão colorida e tão movimentada.

É claro que ninguém vai sair por aí colocando moedas de ouro em chaminés, mesmo porque haja moeda! Mas presentear não deixa de ser uma representação da bondade de São Nicolau, desde que não seja apenas um pacote sem conteúdo, sem essência.

Aprendi, logo na infância, a importância das palavras necessidade e desejo.

Era impressionante a magia que as badaladas da meia noite do dia 24 de dezembro trazia. Uma expectativa enorme, pequenos corações batendo acelerados, olhinhos brilhantes esperando que luvas brancas entrassem pela portinhola da porta principal, abrindo-a e uma linda e, por que não dizer, temerosa (a gente tinha medo também) figura enorme, vermelha e branca entrasse trazendo aquilo pelo qual esperávamos um ano inteiro. Não eram presentes necessariamente caros, mas eram presentes escolhidos a dedo (ou seria com o coração?) para cada um de nós.

Hoje compreendo tão bem o que isso representa. Presentear com o coração, prestando atenção no outro, naquilo que lhe faz feliz é reverenciar o divino que existe em cada um de nós. É a uma das mais bonitas formas de respeitar os ensinamentos que Jesus nos deixou. É dizer: –Eu te amo e presto atenção em você!

Essa magia, essa festa, essa confraternização jamais saiu do meu coração.

Hoje, volto a ser criança e preparo tudo para o Natal cada vez mais antecipadamente, aumentando essa alegria de esperar pelas doze badaladas. Faço bonecos, construo ambientes, coloco em cada detalhe um pedaço do meu coração. A família da gente ainda é nosso maior patrimônio e merece saber que é amada.

Há exatamente quatro anos, pertinho do Natal, ganhei o meu maior presente.
Sei que Ele prestou atenção em mim, sabendo o que eu desejava e precisava e mais uma vez mostrou que me ama: deu-me uma neta linda, que recebeu o nome de Giovanna cujo significado é “Presente de Deus”.

E é com a foto dela que desejo a todos vocês


FELIZ NATAL!




2 comentários:

  1. https://www.facebook.com/leda.e.nader7 de dezembro de 2013 14:10

    Não existiria ninguém melhor do que você para falar um pouquinho do Natal! Você consegue uma linguagem simples, clara e saudosa,porém usa palavras nobres que são cavadas dentro do coração. Nos faz viajar e sonhar.....Esta é a Edna, a artista da literatura, da cerâmica, das fotos, das reformas, das maquiagens e olhos coloridos, dos doces e das panelas, enfim de forno e fogão, de cama, mesa e banho. Tenho por você a maior admiração!! ( depois da mamãe, é claro, rsrs) Parabéns e obrigada por fazer parte da minha vida.

    ResponderExcluir
  2. A Leda disse tudo... falar sobre o Natal com as imagens da Giovanna é tudo de lindo!!!!!! <3

    ResponderExcluir